Site hosted by Angelfire.com: Build your free website today!
Grupo 14
São Bento

Para onde irei?


Tu me conheces quando estou sentado
Tu me conheces quando estou de pé
Vês claramente quando estou andando
Quando repouso tu também me vês
Se pelas costas sinto que me abranges
Também de frente sei que percebes
Para ficar longe do teu Espírito
O que farei, aonde irei não sei

Para onde irei meu Senhor? Pra onde fugirei?
Se subo ao céu ou se prostro no abismo, eu te encontro lá
Para onde irei meu Senhor? Pra onde fugirei?
Se estás no alto da montanha verdejante
Ou os confins do mar

Se eu disser: Que as trevas me escondiam
E não haja luz onde eu passar
Para ti onde é clara como o dia
Nada se oculta ao teu divino olhar
Tu me teceste no seio materno
E definiste todo o meu viver
As tuas obras são maravilhosas
Que maravilha meu senhor, sou eu

Dá tuas, mãos, ó meu senhor bendito
Benditas sejam sempre as suas mãos
Prova-me Deus e vê meus pensamentos
Olha-me Deus e vê meu coração
Livra-me Deus todo mau caminho
Quero viver, quero sorrir cantar
Pelo caminho da eternidade
Senhor terei toda a felicidade

Nunca houve noite
Que pudesse impedir
O nascer do sol, e a esperança
E não há problema
Que não possa impedir
As mãos de Jesus, para me ajudar

Nunca houve noite
Que pudesse impedir
O nascer do sol, e a esperança
E não há problema
Que não possa impedir
As mãos de Jesus, para me ajudar

Haverá um milagre
Dentro de mim
Vem descendo o rio
Pra me dar a vida
Esse rio que emana lá da cruz
Do lado de Jesus

Haverá um milagre
Dentro de mim
Vem descendo o rio
Pra me dar a vida
Esse rio que emana lá da cruz
Do lado de Jesus

Aquilo que parecia, impossível
Aquilo que parecia, não ter saída
Aquilo que parecia ser, minha morte
Mas Jesus mudou minha sorte
Sou milagre estou aqui

Usar-me, sou o teu milagre
Usar-me, eu quero te servir
Usar-me, sou atua imagem
Usar-me, ó filho de Davi



Voltar
VTM